Por Ludmylla 24 de setembro de 2015

Eu li: A garota no trem

resenha-livro-a-garota-no-trem

 

“Todas as manhãs Rachel pega o trem das 8h04 de Ashbury para Londres. O arrastar trepidante pelos trilhos faz parte de sua rotina. O percurso, que ela conhece de cor, é um hipnotizante passeio de galpões, caixas d’água, pontes e aconchegantes casas. Em determinado trecho, o trem para no sinal vermelho. E é de lá que Rachel observa diariamente a casa de número 15. Obcecada com seus belos habitantes – a quem chama de Jess e Janson –, Rachel é capaz de descrever o que imagina ser a vida perfeita do jovem casal. Até testemunhar uma cena chocante, segundos antes de o trem dar um solavanco e seguir viagem. Poucos dias depois, ela descobre que Jess – na verdade Megan – está desaparecida.

Sem conseguir se manter alheia à situação, ela vai à polícia e conta o que viu. E acaba não só participando diretamente do desenrolar dos acontecimentos, mas também da vida de todos os envolvidos. Uma narrativa extremamente inteligente e repleta de reviravoltas, A garota no trem é um thriller digno de Hitchcock a ser compulsivamente devorado.”

Essa é a sinopse de “A garota no trem”, livro da autora britânia Paula Hawkins. Uma ficção deliciosa de ler, que não só prende atenção com uma dinâmica irresistível, como apresenta um final bem digno – eu me surpreendi!

 

livro-a-garota-no-trem

 

Rachel, alcoólatra e desempregada, não superou seu divórcio com Tom (atualmente casado com Anna) e vive uma vida de mentiras e amnésias pós bebedeira. Com isso, ela se apega à vida perfeita do casal que mora próximo a sua antiga casa, à margem da ferrovia. Casal este que ela observa diariamente, em suas viagens de trem até Londres. Até que Megan desaparece e ela se envolve na investigação do desaparecimento.

Como sou dessas que adora contar o final, melhor parar por aqui =)

A narrativa é em primeira pessoa e construída de forma paralela, alternando entre as versões de Rachel, Megan e também de Anna, nem sempre em ordem cronológica.

 

dica-leitura-ficcao

 

A história vai virar filme – e o elenco promete. Parece que já estão confirmadas Emily Blunt (no papel de Rachel), Rebecca Ferguson e Haley Bennet. E cotados para os papéis de Tom e Scott, estão Chris Evans e Jared Leto – sim, uau, QUERO, hehehe.

O livro foi comparado com Garota Exemplar que eu nem li e nem vi o filme ainda. Fiquei curiosa!

Quem leu ou vier a ler, me conte o que achou! E compartilha dicas de livros aqui com a gente também?!

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.