Por Ludmylla 17 de março de 2015

Atacama: dicas úteis

Quando comecei a planejar a viagem para o Atacama, não encontrei tantas informações quanto gostaria e isso me motivou a fazer este post, com dicas simples e super úteis para quem pretende viajar para lá – ou para algum destino parecido.

A agência responsável por todos os nossos passeios lá no Atacama foi a Latchir e nosso guia o Jared. Recomendo super! Dá para fechar os passeios com antecedência e também é tranquilo fechar assim que chegar lá, se você não for do tipo ansiosa.

Nós fechamos um pacote com agência de viagens, mas foi uma opção tendo em vista a comodidade apenas. É um destino bem tranquilo de planejar por conta própria.

Os lugares mais incríveis, que acho mesmo que ninguém pode deixar de conhecer: Laguna Cejar, Laguna Tebinquinche, Termas de Puritama, Geisers del Tatio, Lagunas Altiplânicas, Salar de Tara (fotos abaixo) e Valle de la Luna. E um passeio que não consegui fazer e queria muito: Piedras Rojas (tente ir, parece lindo!).

 

atacama-salar-de-tara

viagem-atacama-salar-de-tara

salar-de-tara-atacama

 

Dica de app

Para quem gosta de observar o céu, o Atacama é o lugar! Lá tem observatórios da Nasa e vários outros, é um dos melhores lugares do mundo para se observar o espaço. O passeio noturno no observatório é também imperdível. E como o senhor meu marido é um fanático por “céus”, essa dica é um oferecimento dele! Baixe o aplicativo Stellarium no seu celular e observe as estrelas sabendo seus nomes!!! hehe.

O guia do observatório também deu essa dica. Nesse aplicativo, é feita uma leitura por GPS e ele mostra todas as informações do céu a partir do seu ponto ponto de visão. Estrelas, constelações, nebulosas, planetas – tudo sobre o céu que você está vendo naquele momento. É só posicionar a câmera do smartphone para o céu e observar tudo aquilo. É muito legal!

Restaurantes

Na rua Caracoles, a principal de San Pedro de Atacama, encontra-se bons restaurantes a preços também legais. Os que conhecemos e gostamos foram: Las Delicias de Carmem, Adobe, Blanco e CKuna. Este último fica em uma transversal da Caracoles. E uma dica bem pertinente: a maioria dos pratos, apesar de individuais, são enormes! Então dependendo da fome, servem muito bem duas pessoas. Vale dar uma olhadinha nas mesas ao lado, conversar com o garçom e ver o que vale mais a pena.

 

viagem-atacama-chile

 

Na mala

Acho que esta foi a viagem para qual eu mais me preocupei com a mala. Isso por que eu precisa de looks que fossem adequados ao ambiente, mas que também fossem bonitos, por motivos de: fotos né?! =) Daí fui pensando de acordo com o que já tinha em casa e comprei apenas o necessário.

Minha maior dúvida foi em relação a calçado – se precisaria comprar uma bota para trilhas ou apenas o tênis de corrida bastava. Resolvi investir na bota depois de algumas indicações e não me arrependi. Para alguns passeios, o tênis não seria tão prático e cômodo. E ainda comprei um modelo super bonitinho, com preço amigo (da Braddock), que rendeu bons looks.

Leve roupa para encarar zero grau, ou menos. No passeios dos Geisers del Tatio pegamos 3 graus negativos e no Salar de Tara a sensação térmica foi de 0 graus, por conta do vento cortante.

Não pense: ah, não é possível que faz tanto frio assim. Faz! Mas caso você não vá prevenido, lá tem algumas lojinhas que vendem roupas de frio bem legais e achei o preço bem ok.

E uma dica para as meninas: body e maiô são peças que levei e achei que fizeram toda diferença. Fazem as vezes de blusa e você já está preparada para entrar nas lagoas, é só tirar o short ou calça. Sem contar que é mais confortável que biquíni!

 

viagem-salar-atacama-chile

 

Eu falei mais sobre o Atacama no diário de viagem – dá uma olhada no post para saber mais dos passeios que citei aqui. E quem tiver alguma dúvida, me conta aqui nos comentários. Vou amar ajudar e dividir ainda mais desse paraíso com vocês!

 

Update: esqueci de incluir no post, mas nosso hotel foi o Tulor, e gostamos bastante! Tem um preço intermediário, é confortável, o wifi era muito bom e é super bem localizado! =)

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários
(6)

  1. Juliana Brandão disse:

    Adorei a dica do App, muito legal ! E a bota onde vc comprou ? Bjus

  2. Josiane disse:

    Lud, com exceção de Geisers del Tatio e Salar de Tara, em média, qual temperatura você encontrou nos demais passeios?

    • Ludmylla disse:

      A temperatura variava entre 15 e 30 graus, se me lembro bem. A sensação térmica lá é que é bem estranha. A tarde é bem quente e logo que o sol se põe já esfria. Mas de forma geral, você só vai sentir muito calor quando estiver no sol. E se for no inverno, pode caprichar nas roupinhas de frio, hehe. Leve uma boa mochila, para guardar casacos e outros itens para estar sempre prevenida! ;))

  3. Jéssica disse:

    Lud,

    Vi que o site da Latchir é todo em espanhol. Você sabe dizer se eles só falam espanhol, ou podemos enviar e-mails em inglês?

    Obrigada.