Por Ludmylla 4 de março de 2015

Diário de viagem: Atacama

Conhecer o Deserto do Atacama era uma vontade que estava martelando aqui dentro há mais de um ano e quando retornamos dos Estados Unidos – eu com minha mania recém adquirida de estar sempre pensando em alguma viagem – lancei essa ideia para o marido, que gostou e assim começamos a pesquisar sobre nossa próxima aventura.

 

deserto-do-atacama-chile

 

Ficamos em San Pedro de Atacama durante a semana do carnaval, chegamos no domingo(15) a tarde e partimos na sexta(20) cedinho. Foram 4 dias inteiros (segunda a quinta) dedicados a passeios e paisagens IMPRESSIONANTES. O grupo que fechou o mesmo pacote que a gente era muito bacana, fizemos todos os passeios juntos e isso acabou deixando a viagem ainda mais legal – bom demais fazer amizade em viagens né?!

 

O primeiro dia foi o mais legal na minha opinião. As lagunas Tebinquinche e Cejar são lindas e bem diferentes. A primeira é apenas para admirar – e muito! Nunca vou esquecer aquele visual com o Licancabur ao fundo (o vulcão mais famoso de lá), refletindo na água.

 

laguna-tebinquinche-atacama

 

Nesse dia eu também pulei no lago Ojos de Atacama – fui a única do nosso grupo que teve coragem, cof cof. E fechamos a manhã na Laguna Cejar, com altíssima concentração de sal, o que faz a gente boiar. É muito delícia, o visual é inexplicável e foi DEMAIS!

 

ojos-de-atacama-chile

laguna-cejar-atacama

Na tarde desse mesmo dia fomos ao Vale da Lua e ao Vale da Morte. Este último não tem nada demais, sinceridades. Mas o Valle de la Luna é super legal, uma reserva imensa, cheio de dunas impressionantes e outras formações rochosas de cair o queixo. Lá também fica a Pedra do Coyote, de onde se admira um belo por do sol e onde rende fotos belíssimas em uma paisagem puramente desértica e linda!

 

valle-de-la-luna-atacama

vale-da-lua-pedra-do-coyote

por-do-sol-valle-de-la-luna-atacama

 

Outro lugar muito marcante foi a Laguna Miscanti – as fotos que fiz lá parecem um desenho, com linhas incrivelmente perfeitas. A paisagem daquele lugar parece desenhada, fabricada – e foi mesmo né?! Por Deus =) E nesse momento do texto eu sou apenas saudade e nostalgia – é bom demais viajar gente!!!

 

laguna-miscanti-atacama

 

E para fechar o post, o relato de um dia bem intenso e especial: o do passeio aos Geysers del Tatio e Termas de Puritama – onde fomos de um frio de 3 graus negativos, para águas quentes em uma paisagem dos sonhos. Os Geysers ficam a uma altitute de mais de 4 mil metros e o passeio começa bem cedo, eu senti muita dor de cabeça nesse dia, não foi muito prazeroso. Mas é um lugar como poucos no mundo inteiro e que vale o perrengue para conhecer – trata-se de um campo geotérmico de origem vulcânica, de onde brotam do chão água em ebulição e vapor.

 

geiseres-tatio-atacama-chile

 

Na decida dos Geysers, parada para banho nas Termas de Puritama – piscinas naturais de água quentes, no meio de uma paisagem árida, em um cenário digno de sonhos. A dor de cabeça foi embora e tudo ficou bem, hehe.

 

atacama-termas-de-puritama

termas-de-puritama-atacama-chile

 

Vou terminando por aqui. Em outro post vou fala mais um pouquinho do Atacama, com algumas dicas úteis.

 

Gostaram do diário? Deixa seu comentário aqui pra mim =)

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

Comentários
(16)

  1. cezelina disse:

    Lud, vc fez a viagem por alguma agência saindo daqui ou fez o roteiro com agência local?

    • Ludmylla disse:

      Fizemos através de uma agência daqui e a que nos atendeu lá em todos os passeios foi a Latchir (gostamos muito!).
      bjs

      • Cezelina disse:

        Valeu Lud, como este ano tem muitos feriados e estamos fazendo nossos roteiros é sempre bom ter mais opções. As fotos ficaram um arraso e deu muita vontade de conhecer o Atacama…o Chile já estava nas minhas pretensões de viagem e agora reacendeu a vontade. Parabéns pelo blog, está muito bacana.

  2. Juliana Brandão disse:

    Que tudo ! Nossa numa passou pela minha cabeça conhecer esse lugar, mas depois dessa descrição e fotos incríveis coloquei na lista de desejos . Bjus

  3. Dami disse:

    Não sei qual foto gostei mais. Todas ficaram lindas e o lugar deve ser realmente incrível!

  4. Josiane disse:

    (suspiros, rs)
    Incrível Lud!!!!!!
    Vou esperar o post com as dicas!

  5. […] comecei a planejar a viagem para o Atacama, não encontrei tantas informações quanto gostaria e isso me motivou a fazer este post, com dicas […]

  6. […] comecei a planejar a viagem para o Atacama, não encontrei tantas informações quanto gostaria e isso me motivou a fazer este post, com dicas […]

  7. Elga disse:

    Gente, que lugar incrível!

  8. Mayra Luíza disse:

    Oi.. lindas fotos! Queria saber a média de preço em reais para esses passeios, vc se lembra?

    • Ludmylla disse:

      Ei Mayra.
      Como nós fechamos um pacote com agência, que já incluía passeios, hotel e parte aérea, não sei te dizer quanto eu paguei exatamente nos passeios.
      Mas pelo que me lembro dos anúncios nas agências de San Pedro e por uma pesquisa rápida que fiz pra te responder, acredito que com mais ou menos 100 mil pesos por pessoa (isso dá em torno de R$ 500) você consegue fazer os principais passeios – em uns 5 dias de Atacama. Alguns são mais baratos, tipo 5 ou 6 mil pesos, outra mais caros, tipo 30 mil pesos. Vai variando pelo tipo de passeio, e também pela agência. É super tranquilo deixar para fechar lá, para você ver as diferenças de preço e poder barganhar. Nós fechamos o pacote por que íamos no carnaval e começamos a planejar bem em cima, daí optamos pela praticidade.
      No post de dicas úteis eu comentei quais passeios acho imprescindíveis, dá uma olhadinha nele também =)
      http://www.ludaltoe.com.br/dicas-uteis-viagem-atacama/
      Espero ter ajudado! Se tiver mais alguma dúvida entre em contato de novo ;))

  9. Alessandra disse:

    É bom demais ter dinheiro, quem não tem, fica só na vontade. #frustrada